Casa do Ferreira das Tabuletas

© CNC / Adriano Rodrigues

O nome da casa deve-se ao pintor e azulejador Luís António Ferreira, autor do revestimento azulejar da fachada do edifício.

Edifício mandado construir em 1864 pelo capitalista galego Manuel Moreira Garcia. O nome da casa deve-se ao pintor e azulejador Luís António Ferreira, mais conhecido por Ferreira das Tabuletas, autor do revestimento azulejar da fachada do edifício. A decoração imita a pintura em “trompe l’oeil”, inclui seis figuras alegóricas – a Terra, a Água, o Comércio, a Indústria, a Ciência e a Agricultura – e símbolos maçónicos, constituindo um dos mais originais programas decorativos exteriores da arquitetura oitocentista da cidade. Neste edifício viveu e morreu em 1905 o pintor, caricaturista, ceramista e jornalista Rafael Bordalo Pinheiro.

Rua da Trindade, 32

Pormenor da fachada da Casa do Ferreira das Tabuletas, foto Adriano Rodrigues/CNC