Agenda

Concertos
Teatro Nacional de São Carlos
R. Serpa Pinto 9, 1200-442 Lisboa

Maria Monda apresentam disco de estreia

MARIA MONDA brota da polifonia tradicional como seiva para a nova música portuguesa. Apresentação do disco de estreia no Salão Nobre do Teatro Nacional de São Carlos, no âmbito da programação do Festival Antena 2.

Sofia Portugal | Voz
Susana Quaresma | Voz
Tânia Cardoso | Voz
Tiago Manuel Soares | Percussão

Sofia Adriana Portugal, Susana Quaresma e Tânia Cardoso partilham o gosto pela pesquisa vocal, sonora e cénica. Estas são as três mulheres que mondam canções e saberes antigos de forma contemporânea, através do canto polifónico e dos ritmos da percussão. Cantam repertório do cancioneiro lusófono, mas também composições originais que acentuam a força da palavra e da poesia. Mondar é limpar, deixar o essencial e para as Maria Monda, essa essência está no tecer das vozes, ora em sedas suaves, ora em mantas rudes, cantando em homenagem à Terra-Mãe, de nome Maria.

Sofia Adriana Portugal, Susana Quaresma e Tânia Cardoso conheceram-se em 2012, no âmbito do Mestrado em Teatro-Música da Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa e desde logo surgiu uma vontade crescente de trabalhar em conjunto. Essa vontade concretizou-se finalmente na edição de 2015 do Festival Cantar Abril, em Almada, o qual deu o mote para este entusiasmante encontro que, na companhia do percussionista João Luís Lopes, resultou na vitória na categoria de Melhor Recriação de Canções de Resistência, Prémio Adriano Correia de Oliveira, cantando o tema “Já o Tempo se Habitua”, de José Afonso. Desde aí têm cantado de Norte a Sul do país.