Agenda

Música
11 a 19 mai 2024
Teatro Nacional de São Carlos
R. Serpa Pinto 9, 1200-442 Lisboa

Falstaff, de Giuseppe Verdi

A última ópera de Giuseppe Verdi, foi a terceira do compositor a ser baseada em Shakespeare. Foi estreada em 1893 no Scala de Milão.

O titular, Victor Maurel, cantou-a no Teatro Nacional de São Carlos no ano seguinte. O grande compositor de Itália terminava com uma commedia lirica uma produção marcada por intensíssimas tragédias.

A estreia foi recebida em apoteose, mas Falstaff não manteria a tremenda popularidade dos outros títulos verdianos. Era uma obra desconcertante, em que o público não reconhecia as empolgantes árias, os coros e os grandes finais que tinham marcado toda a produção do mestre. Era-lhe proposta uma modernidade quase radical.

Hoje, ela é incontornável e todos os grandes barítonos quiseram interpretar Falstaff, de Gobbi a Terfel, passando por Fischer-Dieskau ou Bacquier.

11, 13, 15 e 17 de maio, às 20h 19 de maio, às 16h

Ficha técnica: Antonio Pirolli, Direção musical Jacopo Spirei, Encenação Orquestra Sinfónica Portuguesa Coro do Teatro Nacional de São Carlos (Giampaolo Vessella, maestro titular)

25 € a 70 €

Bilheteira São Carlos Telefone: (+351) 213 253 045 / 046 (dias úteis, a partir das 13h) Email: reserva.bilhetes@saocarlos.pt